Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English
Revista Brasil Nuclear Revista Brasil Nuclear

Pesquise uma Notícia

CAPA DA EDIÇÃO Nº 42
Ver Mais: EDIÇÃO Nº 46 : EDIÇÃO Nº 45 : EDIÇÃO Nº 44 : EDIÇÃO Nº 43 : EDIÇÃO Nº 41 : EDIÇÃO N° 40 : EDIÇÃO N° 39 : EDIÇÃO N° 38
Assinar a revista brasil nuclear ANUNCIE NA REVISTA BRASIL NUCLEAR
EDIÇÃO Nº 42

Nuclep: qualidade como diferencial

Preocupada em ser uma das maiores indústrias de base do mundo, a Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A – Nuclep tem investido em qualidade como seu grande diferencial.

Foi assim quando, pela primeira vez na América Latina, produziu os cascos semissubmersíveis para plataformas da Petrobras – P-51 e P-56 – e continua inovando na fabricação de equipamentos para todos os setores onde atua, como o nuclear, defesa e óleo e gás, entre outros.

Essa visão começa na definição dos processos a serem usados na fabricação. Para a gerente geral de Gestão de QSMS, Valdete Couto, a meta é criar um sistema que permita agilizar a produção, garantindo maior eficiência com a qualidade requerida em cada contrato e construindo uma prática que possa ser replicada em futuras obras. Isso faz com que a empresa mantenha seus certificados de qualificação sempre atualizados, acompanhando a evolução das normas e condutas. “A marca de qualidade da Nuclep começa ainda nos projetos, sempre obedecendo as normas contratuais. Um equipamento nosso deve refletir exatamente a excelência do trabalho, desde a formatação do projeto, até o resultado final”, frisa a gerente.

Como forma de estar sempre atenta às mudanças das normas, a empresa possui um programa de qualificação permanente, ligado ao seu Centro de Treinamento Técnico. Além disso, busca no mercado consultores que possam preparar seus profissionais para um segmento cada vez mais exigente. Criar um grupo que viva o dia a dia dos processos das qualificações ISO e Asme – da Sociedade Americana de Engenheiros Mecânicos –, capaz de acompanhar todo o processo e certificar a obra no passo a passo torna-se um diferencial importante.

Durante o Seminário Internacional para Formação de Auditores Asme Nuclear (Seção III), desenvolvido em parceria com o Instituto Brasileiro da Qualidade Nuclear (IBQN), o consultor alemão Horst Michael ressaltou que essa é uma decisão essencial para empresas que querem estar atualizadas. Durante uma semana, ele pontuou para um grupo de profissionais da Nuclep os processos mais importantes no dia a dia das obras, atentando para a responsabilidade de se estar observando todas as ações com um olhar da qualidade. “A atualização dos profissionais é importante para a garantia de um processo mais rápido e econômico. Quando estamos habituados com os métodos tudo flui com mais facilidade”, afirma.

 

- Orgulhamo-nos de produzir o que há de melhor no mercado internacional
Rogério Barçante

 

Atualizadas as informações, é hora de transformá-las no produto final da empresa. E a tônica do pensamento é garantir que os equipamentos produzidos sejam os melhores do mercado internacional. A qualidade permeia a rotina do parque fabril, em Itaguaí, na região metropolitana do Rio de Janeiro, de onde saem os equipamentos para as usinas nucleoelétricas de Angra dos Reis, até cascos dos submarinos com tecnologia francesa que serão entregues à Marinha do Brasil. O grande desafio é quebrar a hegemonia de um grupo de seis países – Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, China, Rússia e Alemanha – que detém, hoje, esse tipo de mercado.

A Nuclep já tinha produzido os cascos dos submarinos da classe Tikuna, com tecnologia alemã, o que a habilitou para a produção das embarcações francesas. Entretanto, diante das diferenças encontradas nos processos de fabricação, a empresa enviou vários técnicos à sede da DCNS (Direção de Construções Navais), em Cherbourg, na França, para agregar mais informação na produção dos submarinos. Afinal, enquanto equipamento de defesa, era de extrema importância que se desenvolvesse um produto dentro das especificações, associando a expertise à tecnologia. “A qualidade é vital no dia a dia do nosso trabalho. Componentes nucleares, submarinos, equipamentos para plataformas e petroquímicas possuem suas especificidades e precisam de um tipo de ação diferenciada. Orgulhamo-nos de produzir o que há de melhor no mercado internacional, demonstrando que a engenharia nacional tem capacidade de atender com qualidade a todas as demandas do mercado”, ressalta Rogério Barçante, gerente geral de Controle da Qualidade.

A rotina de produção no parque industrial é rigorosa. Todos os equipamentos são submetidos aos mais diversos tipos de ensaios e testes, para confirmar a integridade das soldas, assim como são executados os testes cabíveis a cada tipo de material. E mesmo novas ligas já estão sendo estudadas, para que, quando houver demanda, a Nuclep possa iniciar a produção com os novos materiais, dominando todos os processos necessários.

 

- Quando estamos habituados com os métodos, tudo flui com mais facilidade
Horst Michael

 

O Centro de Treinamento Técnico tem uma rotina de qualificação e requalificação permanente, funcionando ainda como centro de qualificação e certificação de Caldeireiro Nível I da Associação Brasileira de Manutenção – Abraman. Primeira escola dentro de um parque industrial, referência para a criação do programa federal Escola de Fábrica, atua ativamente na busca de cursos que atendam à necessidade de aprimoramento técnico dos trabalhadores.

Reflexo de uma política que privilegia os empregados como o principal ativo da empresa, a escola desenvolve, junto com os diversos setores, uma planilha de treinamentos que possa atender a todas as demandas da parte fabril, assim como atualizar os profissionais e garantir que sejam os mais qualificados do mercado. Política de qualidade e de responsabilidade social, já que garante aos trabalhadores, caso algum decida deixar a empresa, o padrão de qualificação necessário para sua reinserção no mercado de trabalho.

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Av. Rio Branco, 53, 17º andar, sala 1.702 - Centro Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.090-004 Tel/Fax: (21) 2203-0577 / 2266-0480