Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English
Revista Brasil Nuclear Revista Brasil Nuclear

Pesquise uma Notícia

CAPA DA EDIÇÃO N° 40
Ver Mais: EDIÇÃO Nº 47 : EDIÇÃO Nº 46 : EDIÇÃO Nº 45 : EDIÇÃO Nº 44 : EDIÇÃO Nº 43 : EDIÇÃO Nº 42 : EDIÇÃO Nº 41 : EDIÇÃO N° 39 : EDIÇÃO N° 38
Assinar a revista brasil nuclear ANUNCIE NA REVISTA BRASIL NUCLEAR
EDIÇÃO N° 40

Angra 1 e Angra 2 batem recorde de produção

As usinas nucleares Angra 1 e Angra 2 atingiram uma produção total acumulada de 200 milhões de megawatts-hora (MWh). O resultado foi alcançado no dia em 15 de fevereiro de 2013.

Com capacidade total instalada de 1.990 megawatts (MW), as duas usinas vêm apresentando indicadores de eficiência que superam o de muitas usinas similares, que utilizam reatores do tipo PWR (água pressurizada). “Angra 1 e Angra 2 têm mostrado, desde a segunda metade da última década, performance de destaque frente às melhores usinas em operação no mundo. Nos últimos três anos, as usinas brasileiras bateram recorde de produção, possibilitando que a empresa alcançasse a marca de 200 milhões de MWh. Os resultados podem ser atribuídos aos investimentos feitos em equipamentos e à experiência operacional adquirida, mas, principalmente, ao comprometimento e alto grau de profissionalismo dos funcionários da empresa”, destaca o presidente da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva.

Para o diretor de Operação e Comercialização, Pedro Figueiredo, os 200 milhões de MWh são uma marca expressiva na consolidação da opção nuclear como uma das reais alternativas para a matriz energética nacional. “A marca é importante não só pela quantidade de energia gerada, mas, também, pela maneira como essa energia tem sido produzida nos últimos anos, de forma consistente e confiável, indicando, claramente, um comprometimento geral de toda a empresa com a excelência da operação das usinas”, afirma.

Dados comparativos

A geração de 200 milhões de MWh daria para atender ao consumo aproximado das seguintes cidades:

• Porto Alegre por 55 anos

• Recife por 50 anos

• Belo Horizonte por 32 anos

• Rio de Janeiro por 12 anos

• São Paulo por 7 anos

Fonte: Átomo Expresso (publicação da Eletrobras Eletronuclear)

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Av. Rio Branco, 53, 17º andar, sala 1.702 - Centro Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.090-004 Tel/Fax: (21) 2203-0577 / 2266-0480