Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English
Revista Brasil Nuclear Revista Brasil Nuclear

Pesquise uma Notícia

CAPA DA EDIÇÃO N° 40
Ver Mais: EDIÇÃO Nº 48 : EDIÇÃO Nº 47 : EDIÇÃO Nº 46 : EDIÇÃO Nº 45 : EDIÇÃO Nº 44 : EDIÇÃO Nº 43 : EDIÇÃO Nº 42 : EDIÇÃO Nº 41 : EDIÇÃO N° 39 : EDIÇÃO N° 38
Assinar a revista brasil nuclear ANUNCIE NA REVISTA BRASIL NUCLEAR
EDIÇÃO N° 40

Nova diretoria da Aben toma posse

Em solenidade realizada no Clube de Engenharia, no Rio de Janeiro, em 13 de dezembro de 2012, tomou posse a nova diretoria da Associação Brasileira de Energia Nuclear (Aben). A presidente é a engenheira Ruth Soares Alves, que há 35 anos atua no setor. Formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), com especialização na Alemanha, Ruth é especialista em sustentabilidade empresarial e trabalha na Eletrobras Eletronuclear. Em 2012, foi a profissional brasileira convidada pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), como representante da América Latina, para o processo de revisão das estimativas das capacidades nucleares no mundo até 2050.

A diretoria eleita para o período 2013-2014 é formada ainda por Patrícia Wieland (1ª vice-presidente), Ricardo Carvalho de Barros (2º vice-presidente), Roberto Cardoso de Andrade Travassos (tesoureiro), Paulo Roberto de Souza (1º secretário) e Rogério Arcuri Filho (2º secretário).

“A matriz elétrica brasileira, eminentemente hidráulica, precisa de complementação térmica para garantir a segurança do sistema, e as usinas térmicas terão de aumentar sua participação, devido ao esgotamento dos potenciais hidráulicos disponíveis, que hoje se encontram quase todos na região amazônica, submetidos a condicionantes ambientais”, afirma Ruth. “O processo nuclear de geração de eletricidade precisa de pouca extensão territorial, usa combustível de preço baixo e não volátil no mercado de commodities e, além disso, não produz poluentes como os gases de efeito estufa. O processo decisório no país precisa levar estas premissas em consideração”, completa.

Durante a solenidade, o ex-presidente Edson Kuramoto fez um balanço de sua gestão, destacando como um dos pontos altos a realização da Inac 2011. “A despeito de expectativas pessimistas, devido à proximidade do acidente de Fukushima, o evento foi um grande sucesso, com recorde de sessões, de trabalhos apresentados e do grande número de jovens inscritos, mais de 40% do total”, afirmou. Tal feito, segundo ele, foi uma vitória para a diretoria, que tinha como objetivo, desde o início do mandato “incentivar a participação dos jovens na Inac e, com isso, a sua entrada para o setor nuclear”.

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Rua Candelária, nº 65, 14º andar - Centro, Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.091-906 / Tel: (21) 2266-0480 / (21) 2588-7000 - ramal 4721