Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English

Pesquise uma Notícia

Por Data:

Ver Mais: 1 : 2 : 3 : 4 : 5 : 6 : 7 : 8 : 9 : 10

Rússia e China assinam vários contratos importantes na área nuclear

(08/06/18) Pequim, China – Executivos russos e chineses assinaram o maior pacote de contratos na história da parceria nuclear dos dois países. O pacote consiste em quatro contratos e prevê a construção de quatro unidades Gen 3+ VVER-1200 (nas zonas de Xudabao e Tianwan), cooperação no projeto piloto do reator rápido CFR-600 e fornecimento das peças RITEG (Gerador Termoelétrico Radioisótopo) para o programa de exploração lunar da China. A cerimônia de assinatura contou com a presença do presidente russo, Vladimir Putin, e do presidente da República Popular da China, Xi Jinping.

O CEO da Rosatom (estatal russa de energia nuclear), Alexey Likhachev, comentou: "Hoje, a Rússia e a China são os líderes da [indústria] energia nuclear mundial. A assinatura desses acordos é a melhor confirmação da nossa parceria com nossos amigos chineses. Eu noto que, no decorrer de uma cooperação de longa data com nossos confiáveis parceiros - a Autoridade de Energia Atômica da China, a Administração Nacional de Energia e a corporação CNNC -, criamos um nível de confiança nunca antes visto. Desta forma, desenvolvemos uma estrutura para projeto e construção conjuntos na zona de Tianwan por especialistas russos e chineses. Continuamos a construir conjuntamente as mais modernas unidades Gen 3+ na China. Além disso, hoje concordamos em iniciar a construção de unidades de energia VVER-1200 em um local totalmente novo. Temos grandes planos de cooperar na área nuclear, não apenas no que diz respeito a [projeto e construção de] usinas nucleares de alta potência".

Foram assinados dois acordos para a construção de quatro novas unidades - duas no novo local de Xudabao e duas em Tianwan (unidades 7 e 8). Todas as quatro unidades contarão com os mais modernos reatores russos Gen3 + VVER-1200. Os reatores, assim como todos os outros equipamentos necessários, serão desenvolvidos e fornecidos à ilha nuclear pelo lado russo.

O terceiro acordo prevê o fornecimento de equipamentos, combustível e serviços para o projeto piloto de reator rápido CFR-600 desenvolvido pela CNNC.

Por fim, foi assinado um acordo para o fornecimento de unidades de aquecimento por radionuclídeo (UHR) usadas como partes de geradores termoelétricos radioisótopos para alimentar equipamentos no programa espacial da China, para uso na exploração lunar em particular.

Notas:

O pacote de contratos foi preparado de acordo com uma declaração conjunta dos governos da Rússia e da China sobre o desenvolvimento da cooperação estratégica sobre o uso da energia nuclear para fins pacíficos.

Rússia e China cooperam em vários projetos de energia nuclear, incluindo, mas não se limitando apenas a isso, à construção de usinas nucleares e ao fornecimento de produtos isotópicos para medicina nuclear.

A usina nuclear de Tianwan é a maior instalação usada na cooperação econômica russo-chinesa. As unidades de energia nº 1 e nº 2 foram iniciadas em 2007. Essas duas primeiras unidades da usina nuclear de Tianwan geram anualmente mais de 15 bilhões de KW/hora de energia elétrica. A unidade de energia nº 3 foi conectada à rede em dezembro passado.

O projeto da usina nuclear de Tianwan baseia-se no projeto russo AES-91 com um reator VVER-1000, que atende plenamente aos requisitos das atuais regulamentações chinesa, russa e da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica). A construção da usina nuclear de Tianwan está sendo realizada pela Jiangsu Nuclear Power Corporation (JNPC) em cooperação com a russa Atomstroyexport, parte integrante do Grupo de Empresas ASE.

Sobre a Rosatom

A Rosatom é a única empresa no mundo a oferecer soluções integradas de energia limpa em toda a cadeia de suprimento nuclear e além, incluindo o projeto, construção e operação de usinas de energia nuclear, mineração, conversão e enriquecimento de urânio, fornecimento de combustível nuclear, desativação, armazenamento e transporte de combustível irradiado e eliminação segura de resíduos nucleares. Com setenta anos de experiência contínua, a empresa é líder mundial em soluções de alto desempenho para todos os tipos de usinas de energia nuclear. Também está trabalhando nos segmentos de geração eólica, medicina nuclear, armazenamento de energia e outros.

Sediada em Moscou, a empresa reúne mais de 300 empresas e organizações e mais de 250.000 funcionários. Globalmente, a empresa tem a segunda maior reserva de urânio, tem 36% do mercado mundial de enriquecimento e é a maior construtora mundial de usinas nucleares de última geração, com 33 unidades em construção em 12 países.

Fonte: Hochmüller Multimídia (Assessoria de Imprensa da Rosatom)

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Av. Rio Branco, 53, 17º andar, sala 1.702 - Centro Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.090-004 Tel/Fax: (21) 2203-0577 / 2266-0480