Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English

Pesquise uma Notícia

Por Data:

Ver Mais: 1 : 2 : 3 : 4 : 5 : 6 : 7 : 8 : 9 : 10

Progresso Tecnológico: INB produz mini elemento combustível

(29/05/18) Mais uma tecnologia é desenvolvida pelas Indústrias Nucleares do Brasil (INB). Desta vez, a construção de um elemento combustível em proporções reduzidas, com características similares ao produzido para Angra 2, a fim de aperfeiçoar a calibragem dos Colares de Nêutrons - equipamentos utilizados na medição da quantidade de urânio presente nos combustíveis.

O projeto foi finalizado no segundo semestre de 2017 e testado pelo Departamento de Energia dos EUA (DOE) e pelo Laboratório de Salvaguardas Nucleares da Cnen, em março deste ano. Os resultados foram animadores.

"O objetivo é calibrar o equipamento que vai medir a quantidade de urânio, aumentando a precisão dos dados", explica o diretor de Produção do Combustível Nuclear, Marcelo Xavier. Antes da implementação do projeto, os Colares de Nêutrons eram calibrados diretamente no combustível, que devido às suas grandes dimensões (5 metros de altura) possibilitava uma variação dos resultados obtidos em até 5%. Outra vantagem do mini elemento é a possibilidade de remoção das varetas, o que viabiliza sua reconfiguração e a realização de simulações.

O engenheiro Luiz Antonio da Silva explica que os resultados também beneficiam o quadro técnico da empresa. "O ganho para a INB será principalmente no treinamento do pessoal de salvaguardas e de neutrônica da engenharia de combustível, no conhecimento e aperfeiçoamento nesse tipo de medida, que é uma das mais refinadas em escala mundial", afirma.

Foto: Divulgação Indústrias Nucleares do Brasil (INB)

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Indústrias Nucleares do Brasil (INB)

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Rua Candelária, nº 65, 14º andar - Centro, Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.091-906 / Tel: (21) 2266-0480 / (21) 2588-7000 - ramal 4721