Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English

Pesquise uma Notícia

Por Data:

Ver Mais: 1 : 2 : 3 : 4 : 5 : 6 : 7 : 8 : 9 : 10

Por que a Marinha do Brasil quer ter um submarino nuclear?

(19/10/18) Lançamento ao mar da embarcação convencional, o Riachuelo, em dezembro, abre série de produção que culminará no submarino com propulsão nuclear, em 2028

O primeiro submarino da Marinha do Brasil construído no Complexo Naval de Itaguaí, no Rio de Janeiro, entrará em operação no próximo dia 14 de dezembro. A estreia do Riachuelo, o S-BR1, da classe Scorpène, é simbólica porque abre a série de produção de quatro embarcações convencionais que culminará na construção do primeiro submarino de propulsão nuclear brasileiro, clímax do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub).

O projeto do submarino nuclear no escopo do Prosub, que completa dez anos em 2018, consumiu R$ 21 bilhões em valores corrigidos pela inflação. É motivo de orgulho para a Marinha, apesar dos atrasos. O programa teve o cronograma adiado pela crise econômica, que limitou repasses de verbas nos últimos anos.

Confira entrevista com o diretor-geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, almirante-de-esquadra Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior, aqui.

Fonte: GaúchaZH (coluna de Rodrigo Lopes)

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Rua Candelária, nº 65, 14º andar - Centro, Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.091-906 / Tel: (21) 2266-0480 / (21) 2588-7000 - ramal 4721