Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English

Pesquise uma Notícia

Por Data:

Solenidade dos 61 anos da Cnen alusiva aos 30 anos do acidente com césio-137

(10/10/17) A Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) realizou na tarde desta terça-feira (10/10) solenidade alusiva aos seus 61 anos. Além dos servidores e demais colaboradores da instituição, estiveram presentes lideranças da área nuclear, integrantes do meio acadêmico e científico, membros das Forças Armadas, entre diversos outros convidados. Este ano, em especial, a solenidade foi realizada em homenagem às vítimas do acidente com césio-137, ocorrido há 30 anos, e aos profissionais que colaboraram na mitigação das consequências do acontecimento.

A Cnen foi criada em 10 de outubro de 1956. Atualmente, é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Entre seus objetivos centrais estão o licenciamento e controle das instalações do setor nuclear brasileiro; a pesquisa, desenvolvimento e ensino na área nuclear.

Na solenidade foram entregues a Medalha Carneiro Felippe e o Prêmio Octacílio Cunha, homenagens que a Cnen concede todos os anos, respectivamente, a pessoas e entidades que se destacaram em suas atuações para o desenvolvimento das aplicações pacíficas da energia nuclear no Brasil. Neste ano, em especial, as instituições e pessoas homenageadas foram escolhidas em razão da valiosa colaboração para mitigação das consequências do acidente e pela ajuda às vítimas.

Os homenageados foram escolhidos em reunião da Comissão Deliberativa da Cnen. Foram selecionados para receber o Prêmio Octacílio Cunha:  Centro de Assistência aos Radioacidentados (C.A.R.A.), Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO), Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira e Marinha do Brasil.

Para receber a Medalha Carneiro Felippe foram selecionados: Rachel Azeredo (jornalista), Alexandre Rodrigues de Oliveira (médico), Alfredo Tranjan Filho (engenheiro), Edson Tavares da Silva (coronel bombeiro) e Walter Mendes Ferreira (físico).

A programação da solenidade incluiu ainda um debate com os homenageados que receberam a medalha. Eles tiveram a oportunidade de relatar as experiências vividas no acidente com césio-137. Como ocorre todos os anos, servidores que completaram 30 anos de Cnen foram homenageados. Eles receberão diplomas de honra ao mérito.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen)

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Av. Rio Branco, 53, 17º andar, sala 1.702 - Centro Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.090-004 Tel/Fax: (21) 2203-0577 / 2266-0480