Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English

Pesquise uma Notícia

Por Data:

Fique por dentro do apagão no Norte e Nordeste ocorrido na última quarta, dia 21

(23/03/18) Às 15h48 da última quarta-feira, dia 21, ocorreu uma falha em um disjuntor de interligação de barramentos na subestação Xingu, que é responsável pelo escoamento de praticamente toda a geração da usina hidrelétrica de Belo Monte. Essa ocorrência no Sistema Interligado Nacional (SIN) provocou um colapso na distribuição de energia para 13 Estados do Norte e Nordeste por mais de três horas, conforme o Operador Nacional do Sistema (ONS). As causas da falha no disjuntor, que afetou mais de 70 milhões de pessoas, estão sendo apuradas e devem ser conhecidas em alguns dias. Para tanto, na próxima segunda-feira, dia 26, ocorrerá uma reunião no Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), no Rio de Janeiro, com as empresas envolvidas para a elaboração do Relatório de Análise da Perturbação.

A perturbação causou um desligamento total no SIN da ordem de 19.760 megawatts (MW), correspondendo a 25% da carga no momento, afetando todas as regiões. Contudo, enquanto nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, as cargas interrompidas foram restabelecidas em cerca de 20 minutos, nas regiões Norte e Nordeste a situação foi bem crítica. No Norte, houve desligamento de consumidores em Manaus, Macapá, Palmas e Belém, além da maior parte das cargas dos Estados do Maranhão (apesar de geograficamente pertencer ao Nordeste) e Pará, totalizando 5.270 MW. Já no Nordeste, todos os estados foram afetados com o desligamento de 10.750 MW de carga. Apenas cargas residuais na região de fronteira com o sistema Sudeste continuaram com suprimento de energia.

Geração nuclear - A título de curiosidade, no dia do incidente (21/03), a Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto (CNAAA) gerou 1.992 MW (640 MW em Angra 1 e 1.352 MW em Angra 2). Ontem, dia 22, foram produzidos 1.991 MW nucleoelétricos, dos quais 640 MW em Angra 1 e 1.351 MW em Angra 2. Já nesta sexta-feira, dia 23, a CNAAA apresenta o mesmo desempenho da última quinta: 1.991 MW (640 MW gerados em Angra 1 e 1.352 MW em Angra 2).

Notas à imprensa do ONS: leia aqui, aqui e aqui.

Mais informações: leia aqui e aqui.

Fontes: Assessoria de Imprensa do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), O Dia, Estadão Conteúdo (matéria disponível no site do Jornal do Commercio-PE) e Eletrobras Eletronuclear

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Av. Rio Branco, 53, 17º andar, sala 1.702 - Centro Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.090-004 Tel/Fax: (21) 2203-0577 / 2266-0480