Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English

Pesquise uma Notícia

Por Data:

Ver Mais: 1 : 2 : 3 : 4 : 5 : 6 : 7 : 8 : 9 : 10

Obras em usinas de Angra recebem benefício fiscal

(19/12/17) Investimento após desonerações está estimado em R$ 203 milhões

WAGNER FREIRE, DA AGÊNCIA CANALENERGIA, DE SÃO PAULO (SP)

O Ministério de Minas e Energia (MME) aprovou o enquadramento no Renuclear de um conjunto de obras que visam recuperar a capacidade de armazenamento das nucleares de Angra 1 e 2, localizadas no município de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. O investimento nas obras da Unidade de Armazenamento Complementar a Seco de Combustível Irradiado (UAS) está estimado em R$ 239,2 milhões, que com o benefício fiscal é reduzido para R$ 203,3 milhões.

Segundo informações da Eletronuclear, o motivo da obra é o esgotamento da capacidade de armazenamento das usinas de Angra 1 (600 MW) e 2 (1.350 MW). O investimento, portanto, visa manter a continuidade da produção de energia elétrica das nucleares. O período de execução está estimado em 65 meses.

As informações constam na Portaria n° 486, publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 19 de dezembro. O Renuclear é o Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento de Usinas Nucleares.

Imagem: Divulgação Canal Energia

Fonte: Canal Energia (confira a notícia original aqui)

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Rua Candelária, nº 65, 14º andar - Centro, Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.091-906 / Tel: (21) 2266-0480 / (21) 2588-7000 - ramal 4721