Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English

Pesquise uma Notícia

Por Data:

Ver Mais: 1 : 2 : 3 : 4 : 5 : 6 : 7 : 8 : 9 : 10

Esclarecimento da Eletronuclear sobre incidente envolvendo transporte de combustível

(19/03/19) A Eletronuclear esclarece que o comboio de transporte de combustível nuclear que seguia em direção a Angra dos Reis hoje pela manhã não foi atacado por bandidos. O carregamento, que tem como objetivo reabastecer Angra 2, chegou à central nuclear dentro do horário previsto, às 12h23.

Por volta das 12h, quando o comboio passava pelo Frade, em Angra dos Reis, ouviram-se tiros. Por precaução, e como contingência, policiais do Batalhão de Choque que acompanhavam o transporte se posicionaram às margens da rodovia, de forma a garantir a segurança do comboio, que em nenhum momento foi interrompido.

Após a passagem do comboio, alguns bandidos, assustados com o forte aparato policial, chegaram a efetuar disparos contra uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os policiais revidaram, mas não houve feridos nem danos materiais.

Para ser transportado de Resende – onde é fabricado pelas Indústrias Nucleares do Brasil (INB) – a Angra dos Reis, o combustível nuclear é acondicionado dentro de contêineres metálicos especialmente fabricados para essa tarefa. Esses invólucros passam por testes de resistência contra quedas e incêndios.

Se um tiro de arma de fogo conseguisse atravessar a proteção do contêiner, poderia danificar o combustível nuclear. No entanto, isso não colocaria em risco a população nem o meio ambiente. O urânio contido em um elemento combustível está em estado natural, tendo o mesmo nível de radioatividade encontrado na natureza.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Eletrobras Eletronuclear

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Rua Candelária, nº 65, 14º andar - Centro, Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.091-906 / Tel: (21) 2266-0480 / (21) 2588-7000 - ramal 4721