Receba as newsletters da ABEN:
Imagem loading
English

Pesquise uma Notícia

Por Data:

Ver Mais: 1 : 2 : 3 : 4 : 5 : 6 : 7 : 8 : 9 : 10

COVID-19: Ações preventivas da INB buscam a preservação da saúde dos empregados


Testes rápidos da COVID-19 são
realizados nas unidades da INB
Divulgação INB

(28/05/20) A Indústrias Nucleares do Brasil (INB) adotou diversas medidas que têm como principal objetivo a preservação da saúde de todos os empregados, terceirizados e estagiários, por meio de práticas que ajudem no controle da disseminação do Coronavírus nas dependências da empresa. Entre essas ações está, desde 13/05, a testagem rápida da COVID-19 de todos os colaboradores e contratados para serviços eventuais, mesmo que não apresentem nenhum sintoma.

Adicionalmente, as ações que vêm sendo adotadas, desde março, atendem às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde (MS) e demais órgãos governamentais. Como as atividades da INB se enquadram nos serviços públicos essenciais, estabelecidos no Decreto nº 10.282, publicado pelo Governo Federal em 20 de março de 2020, não pode paralisar totalmente as suas atividades.

As medidas implementadas compreendem: a dispensa de comparecimento ao local de trabalho de empregados com mais de 60 anos, portadores de doenças crônicas, gestantes e lactantes. Esse grupo considerado de risco deve desenvolver as atividades remotamente. Os demais foram orientados a trabalharem em escala de revezamento. Empregados com filhos com idade inferior a 12 anos ou com idosos em casa também poderão trabalhar remotamente.

Nos empregados que continuam trabalhando presencialmente, é feita aferição de temperatura, através de termômetros a laser, antes de embarcarem nos ônibus fretados pela empresa ou de entrarem na unidade a pé ou em veículo próprio. Se alguém ultrapassar a temperatura de 37,5ºC será orientado a procurar os serviços de saúde disponíveis próximos ao seu local de residência.

Nos ônibus também são disponibilizadas máscaras descartáveis e é solicitada a utilização de álcool gel para assepsia das mãos. Ônibus e vans são higienizados diariamente.

Os restaurantes das unidades também alteraram a disposição do mobiliário, respeitando espaço de um metro entre as cadeiras e controlando o número de pessoas que acessam o local por vez. Todas as portas e janelas permanecem abertas para favorecer a ventilação. É aconselhada a lavagem das mãos com água e sabão antes de entrar no restaurante e a utilização de álcool gel após passar pela catraca. As mesas são constantemente higienizadas durante o horário das refeições.

Unidade em Descomissionamento de Caldas - UDC

Até o dia 26 de maio, foram realizados 111 testes na Unidade em Descomissionamento de Caldas e foram registrados 25 resultados IgM- / IgG+ , ou seja casos considerados com anticorpos e 1 resultado IgM + / IgG +.

De acordo com o Protocolo de Enfrentamento da COVID-19 nas instalações da INB, os casos confirmados com IgM+ / IgG+ entram em isolamento imediato de 14 (quatorze) dias. O fluxo de acompanhamento segue com o monitoramento multidisciplinar e pesquisa de contatos próximos. No retorno é realizado novo teste rápido. Neste protocolo também foi estabelecido que os contatos próximos identificados entrarão em isolamento por 7 (sete) dias para observação. No caso de não apresentarem sintomas neste período, retornam ao trabalho, sendo realizada nova testagem.

Entre os serviços essenciais citados no decreto assinado pelo presidente da República está "a guarda, uso e controle de substâncias radioativas, de equipamentos e de materiais nucleares e ainda, a geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e de gás". A INB se enquadra nesse decreto pois é constitucionalmente responsável por fabricar o combustível nuclear que abastece as usinas de Angra 1 e 2, operadas pela Eletronuclear, que geram aproximadamente 40% da energia elétrica do Estado do Rio de Janeiro.

Coronavírus.

Saiba como proteger você e sua família, acesse saude.gov.br/coronavirus.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Indústrias Nucleares do Brasil (INB)

Associação Brasileira de Energia Nuclear

Rua Candelária, nº 65, 14º andar - Centro, Rio de Janeiro (RJ) - CEP 20.091-906 / Tel: (21) 2266-0480 / (21) 2588-7000 - ramal 4721