Radioembolização: como o procedimento pode reduzir câncer primário no fígado

(30/06/20) "Com resultados radiológicos bastante significativos, tanto em homens como em mulheres em diversos estágios da doença oncológica, a radioembolização hepática é um tipo de radioterapia intra-arterial e seletiva que, ao contrário da convencional, entrega a radiação, por técnicas de cateterismo diretamente nas células doentes, com maior poder de penetração e assertividade e com menores danos aos tecidos saudáveis adjacentes. Trata-se de um procedimento realizado apenas em centros de excelência e de alta complexidade."

Leia a notícia completa aqui.

Fonte: Portal SEGS

> Matéria Seguinte Voltar ao Topo Ir para Fonte Nuclear